Perfeccionismo, de onde vem?

Perfeccionismo, de onde vem?

25/02/2021

As pessoas inseguras geralmente são perfeccionistas, justamente por se acharem incapazes ou inferiores.
Elas sempre acham que as outras pessoas farão algo melhor, então essas pessoas cuidam de todos os possíveis detalhes, ficando em estado de tensão o tempo todo e buscando a perfeição para não sofrer críticas.

Sempre se comparando com os outros, as pessoas inseguras sempre se detonam e sempre se colocam para baixo. Sempre julgam que o outro se destaca mais e focam no lado positivo do outro e no negativo delas.
A avaliação da pessoa insegura é muito falha e muito injusta, pois ela não coloca as questões com peso igual... ela sempre acha que está inferior ao outro.

A insegura não vê o que tem de positivo… Já parou para pensar o quanto você se crítica e se compara com as outras pessoas?

Os pensamentos e avaliações tendem sempre a ser piores sobre si mesma e isto vai rebaixando cada vez mais a sua autoestima. A pessoa insegura sempre acredita que está derrotada e que não agrada o suficiente.

O medo da rejeição também é enorme e as pessoas tendem sempre a agradar o outro para não serem criticadas.
A autoestima precisa estar à frente da insegurança, pois, quando temos uma ideia bacana e realista a nosso respeito, nos sentimos mais seguras. Quem tem uma boa autoestima não se deixa influenciar muito com o que o outro pensa.

Muitas pessoas inseguras têm a necessidade de demonstrar superioridade, exibindo assim as suas conquistas em demasia. Elas precisam ficar o tempo todo demonstrando a sua superioridade, devido a sua insegurança.
A necessidade de inferiorizar o outro, para com isso se sentir superior, é um demonstrativo da própria insegurança.
Quem está seguro do valor que tem não precisa diminuir ninguém para se sentir maior.

O feito é melhor que o perfeito, é melhor você fazer o que precisa ser feito ,nas condições atuais que você tem do que esperar pela perfeição que nunca chegará.

Abraços da Psi.

 

Laís Almeida da Silva é Psicóloga. Atualmente, realiza trabalho com mulheres que desejam desenvolver relações brilhantes a partir da autoestima. É Criadora do Método Bem me Quero; autora do e-book “Bem me Quero - Resgate a sua autoestima e seja uma mulher poderosa” e, ainda, produz conteúdos ligados a esses temas em diferentes plataformas de comunicação.


  • Imprima
    esse Conteúdo
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •